fbpx

Dicas de Leitura: mais novidades, aproveite…

Promessa é promessa

THARLET, Eve – Editora Hedra

Bruno, uma pequena marmota, acorda da hibernação depois de um longo inverno. Ao sair de sua toca, encontra uma bela flor, um Dente-de-leão. Os dois passam toda a primavera juntos, com a flor cada dia mais bela. Com a chegada do verão, no entanto, a flor fica um pouco diferente. É quando ela pede que Bruno prometa que vai confiar nela e vai fazer o que ela pediu. Bruno assopra e todas as pequenas partes da flor são levadas pelo vento. Qual será a surpresa que Dente-de-leão reservou para o amigo?

Conto – Sentimentos – Confiança

Itinerário de pasárgada

BANDEIRA, Manuel – Editora Global

Nesta obra Manuel Bandeira volta os olhos para o passado em busca do tempo perdido, de suas experiências e miragens e, em particular, da sua Pasárgada, espécie de palavra mágica que o acompanhou por toda a vida. Símbolo de evasão, de ‘toda a vida que podia ter sido e que não foi’, Pasárgada acabou se tornando uma identificação do itinerário da própria vida do poeta.

Poesia brasileira – Crítica e interpretação

Cric crec pi ploft!

CROWTHER, Kitty – Editora Cosac Naify

Quando cai a noite, Jerônimo sente medo. E tudo é motivo para adiar a hora de dormir- um beijinho, uma história, outro beijinho, um abraço. Quando se vê sozinho e o Cric, crec, pi, ploft! começa a soar debaixo da cama, a saída é correr para o quarto dos pais. Mas, em algum momento, ele precisará enfrentar seus medos. E nada melhor do que fazê-lo na companhia do pai. Quando o papai sapo vai dormir na cama do filho, também ouve o ruído amedrontador. Assim, juntos, eles vão se encher de coragem e encarar seus temores, em busca da origem do barulho. Curioso é descobrir que o ruído existe de verdade, e não apenas na imaginação de Jerônimo – e do pai.

Conto – Comportamento

Pois é, seu Noé! ou por que alguns bichos são como são

SOUZA, Flávio de – Editora Leya

Existem muitas versões para a história da Arca de Noé e de como a terra teria sido povoada. E, até hoje, elas encantam crianças e adultos do mundo inteiro. Flavio de Souza, com seu humor e sua criatividade impagáveis, tem a sua versão, e brinda seus leitores com essa visão divertida e inteligente das histórias paralelas que poderiam existir na época da Arca de Noé. E é uma delícia entrar nessa fantasia. Partindo dela, Flavio convida o leitor ao exercício da imaginação. E aí é história para contar até o fim dos tempos!

Conto

A odisseia de Homero

HOMERO, LOURENÇO, Frederico – Editora Claroenigma

Esta obra é uma adaptação para jovens, em prosa, da Odisseia de Homero, que narra as peripécias que sofre Ulisses ao tentar voltar para casa depois da guerra de Troia. O que acontece é que, quando Ulisses tenta retornar aos braços de sua amada Penélope, é levado por um forte vendaval até a excêntrica ilha dos Lotófagos, e a partir de então dez anos se passam até que ele consiga voltar à sua terra natal. São muitas as aventuras desse longo regresso – o plano contra o gigante Polifemo, os desdobramentos da magia de Circe, o combate com Caribde, o terrível redemoinho, e com Cila, o monstro de seis cabeças, entre outras – e o tão esperado reencontro com sua pátria.

Aventura – Mitologia grega

Mistério zona sul

BARBATO JR., Roberto  – Editora Hedra

Um envelope é deixado no saguão do jornal ‘A gazeta’. Dentro dele, uma denúncia anônima referindo-se a um orfanato do outro lado da cidade, a crianças e trabalho forçado. Plínio, Giulia e Tonico são três jovens jornalistas que se veem envolvidos na investigação de um crime contra crianças. Para obter informações, precisam assumir identidades falsas, se aventurar em locais pouco frequentados na cidade e recorrer a outros expedientes, como a pesquisa de arquivos e a colaboração de um delegado e até mesmo do garçom da padaria. Aos poucos, os três descobrirão que aquilo que inicialmente parecia uma denúncia falsa escondia um crime escabroso. Já não dava mais para recuar. E os três amigos terão de enfrentar as consequências de sua bisbilhotice investigativa até que consigam desvendar o mistério que ronda a Paróquia Santa Isabel, ou se tornar parte dele.

Romance policial

Bicho-papai

SISTO, Celso – Editora IBEP Jr

Todo mundo conhece o bicho-papão. Mas quem será este bicho-papai? Quem ele assusta? O que ele devora? Como vive esse tão querido monstro?

Conto

A idade média: passo a passo

CARPENTIER, Vicent – Editora Cia. das Letras

Quando você pensa na Idade Média deve logo imaginar castelos sombrios, princesas e cavaleiros, guerras e monstros. Mas esses dez séculos foram muito mais complexos, variados e ricos do que sugere esse lugar-comum criado ao longo do tempo.

Na verdade, não houve “uma”, mas “diversas” Idades Médias, às quais os historiadores deram muitos nomes: primeira ou segunda, central, adulta, feudal, merovíngia, carolíngia ou capetíngia, romana, gótica, época das catedrais ou dos principados…
Conheça todas elas em seus mínimos detalhes, neste guia prático que ensina história a partir do trabalho – de campo, de pesquisa e de análise – dos arqueólogos.

História geral – arqueologia

A rainha do castelo de ar, v. 3

LARSSON, Larsson – Editora Cia. das  Letras

Com mais de 15 milhões de exemplares vendidos no mundo, a trilogia Millennium é uma das mais bem-sucedidas séries policiais dos últimos anos, e já conta com uma versão cinematográfica, prevista para estrear no Brasil ainda este ano. Quer seja tratando da violência contra as mulheres, quer seja enfocando os crimes cometidos por magnatas ou pelo Estado, a saga cumpre sua principal missão: a de nos envolver numa leitura absorvente, cheia de mistérios.

Neste terceiro e último volume da série, Lisbeth Salander se recupera, num hospital, de ferimentos que quase lhe tiraram a vida, enquanto Mikael Blomkvist procura conduzir uma investigação paralela que prove a inocência de sua amiga, acusada de vários crimes. Mas a jovem não fica parada, e muito mais do que uma chance para defender-se, ela quer uma oportunidade para dar o troco. E agora conta com excelentes aliados. Além de Mikael, jornalista investigativo que já desbaratou esquemas fraudulentos e solucionou crimes escabrosos, no mesmo front estão Annika Giannini, advogada especializada em defender mulheres vítimas de violência, e o inspetor Jan Bublanski, que segue sua própria linha investigativa, na contramão da promotoria.
Com a ajuda deles, Lisbeth está muito perto de desmantelar um plano sórdido que durante anos se articulou nos subterrâneos do Estado sueco, um complô em cujo centro está um perigoso espião russo que ela já tentou matar. Duas vezes.
A rainha do castelo de ar enfoca de modo original as mazelas da sociedade atual, tendo conquistado um lugar único dentro da literatura policial contemporânea.

Romance – Romance policial

Ninho de cobras, v. 7 – Coleção The 39 Clues

LERANGIS, Peter  – Editora Ática

Neste livro, a África do Sul é o novo destino de Amy, Dan e Nellie. Mais experientes na corrida, eles não demoram para perceber um estranho envolvimento entre o guerreiro tribal Shaka Zulu e a família Cahill. Os inimigos estão se revezando para emboscá-los, porém cada vez mais os irmãos recebem ajuda inesperada para saírem das enrascadas – inclusive da falecida avó Grace, que parece estar em todo lugar. Com os nervos à flor da pele, eles precisarão de muita coragem para enfrentar o que estão prestes a descobrir.

Aventura

A última flor de Abril

AZEVEDO, Alexandre  –  Editora Saraiva

Ter um campinho de futebol no fim da rua é o sonho de todo garoto. É isso que Edu, Pedrão, Celso, Zé Roberto, Marina e outros garotos e garotas conseguem depois de muita conversa para convencer os moradores a deixá-los organizarem suas peladas ali, no Arena Durão. Mas um dos vizinhos não aprova a ideia – seu Miguel. Ele é o português misterioso que cultiva plantas e não gosta nem um pouco de futebol perto de sua casa – fura todas as bolas que caem lá. Um dia o portuga some misteriosamente. Só garotos e garotas muito destemidos para solucionar um caso que intriga todos os vizinhos.

Romance – Aventura

Lá em casa somos…

MARTINS, Isabel Minhós  – Editora Cosac Naify

‘Lá em casa somos…’ procura abordar um assunto muitas vezes temido pelas crianças – os números e, por consequência, a matemática. E, mostra, como dois e dois são quatro, que eles são muito mais familiares do que as pessoas imaginam. Por meio dos números, o leitor poderá seguir o dia a dia de uma família. Mais ainda – ao somar, as autoras buscam ajudar o leitor a compreender os hábitos e o funcionamento do corpo humano – das quatro dezenas de metros de intestino, passando pelas 118 unhas cortadas todos os domingos aos seis narizes que escorrem juntos no inverno ou os doze mamilos que tomam sol na varanda no verão.

Conto – Números

Histórias de bichos

BELÉM, Valéria  – Editora Cia. Ed. Nacional

Nesta obra, temos três divertidas histórias, com os mais diversos personagens: formigas, galos, raposa, periquito, borboletas dançarinas e até abelhas acrobatas! São aventuras para os pequenos leitores. E cada final é surpreendente!

Conto – Animais

Verso livre: poemas

ANDRADE, Carlos Drummond, MORAES, Vinícius

Coleção Boa Companhia – Cia. das Letras

Poemas amorosos, reflexões metafísicas, transfigurações do real e jogos de linguagem ocupam as páginas desta antologia, que reúne aquilo que está entre o melhor da poesia brasileira. São textos poéticos que mostram o quanto a lírica de língua portuguesa praticada no Brasil é vibrante, inteligente e instigante.

Entre os seis autores aqui elencados há desde clássicos como Carlos Drummond de Andrade e Vinicius de Moraes, nomes contemporâneos que já se impuseram em nosso cenário (Francisco Alvim, José Paulo Paes e Armando Freitas Filho) e um autor que a cada livro ganha mais leitores e reconhecimento (Eucanaã Ferraz). Poetas que, reunidos neste volume, nos ajudam – com delicadeza e força, sabedoria e alegria – a entender o Brasil. E a decifrar um pouco mais a nossa alma.

Poemas

A caixa preta

ANDRADE, Tiago de M.  – Editora Melhoramentos

Assim como um livro, uma caixa sempre reserva surpresas. Mais ainda quando uma caixa preta, como um palito de fósforo riscando o céu, aterrissa num Planetinha Azul. Ali vivia um povo muito alegre e musical, que ficou completamente encantado com a novidade. Este livro mostra a importância da cultura como fator de agregação das comunidades. Elabora uma análise sensível e inovadora da influência da televisão no indivíduo e na sociedade em que vive, levando a reflexões sobre como lidar com esse poderoso e mágico meio de comunicação.

Conto – Comunicação – Mídia

Solange Braga
Bibliotecária

Assine nossa newsletter