Dicas de Leitura

A reinvenção da Educação Infantil

GARCIA, Joe, PAGANO, Andrea, PRANDI, Roberta – Editora UTP

A educação infantil desenvolvida em Reggio Emilia, na Itália, há décadas tem inspirado educadores do mundo inteiro. Em função da qualidade e originalidade dos serviços educacionais encontrados nas creches e pré-escolas daquela cidade, esta se tornou um dos lugares mais visitados por professores.

Este livro é um reflexo desse papel planetário de Reggio Emilia e o registro de um diálogo internacional em andamento, dedicado a examinar novas perspectivas para a educação infantil.

Educação infantil – Experiências – Reggio Emilia

A princesa que ria rosas e outros contos húngaros

VENTURA, Susana – Editora Volta e meia

Os contos apresentados neste volume foram selecionados das obras de folcloristas e escritores húngaros do século XIX, que coletaram e fixaram um conjunto expressivo de histórias que nos surpreendem pela originalidade.

Várias são as fórmulas com as quais se iniciam os contos húngaros e que evocam lugares imaginários e distantes como ‘os sete reinos’, o ‘mar de todas as histórias’ e ‘a montanha de cristal’ e também apelam para antiguidade da história em questão, encontrada escrita num ‘num velho livro, perdido e achado na trigésima sexta prega de uma saia de pregas de uma velha muito velha que guardava todos os velhos livros de uma aldeia’.

Contos húngaros

Revolução dos bichos              HQ

ORWELL, George – Editora Cia. das Letras

Odyr passou os últimos anos envolvido numa empreitada desafiadora: transformar em quadrinhos um dos maiores clássicos da literatura mundial, A revolução dos bichos. Em tinta acrílica, fazendo com que cada página se tornasse uma verdadeira obra de arte, Odyr deu forma à narrativa de George Orwell — e a personagens antológicos como os porcos Napoleão e Bola-de-Neve.

Escrita em plena Segunda Guerra Mundial e publicada em 1945, essa breve narrativa causou desconforto ao satirizar ferozmente a ditadura stalinista numa época em que os soviéticos ainda eram aliados do Ocidente na luta contra o eixo nazifascista. Mas não só. Mais de sessenta anos depois, A revolução dos bichos se tornou uma alegoria universal sobre as fraquezas humanas que levam à corrosão de grandes ideias e projetos de revolução política.

Ficção – História em quadrinhos

A Revolução Francesa explicada à minha neta

VOVELLE, Michel – Editora UNESP

A Revolução Francesa “foi, e continua sendo, a base para uma enorme esperança, a esperança de mudar o mundo, eliminando as injustiças, em nome das luzes da razão e não de um fanatismo cego. Como ela se inscreveu na história num momento determinado da evolução das forças econômicas, sociais e culturais, sabemos que seu êxito teve origem na união das aspirações da burguesia e das classes populares.

E, por causa disso, percebe-se bem tudo que fica faltando: a conquista da igualdade pela mulher, a ratificação do fim da escravidão, mas, sobretudo, a eliminação das desigualdades sociais, no momento mesmo em que, ao desferir o golpe derradeiro no feudalismo, ela estabelece as bases sobre as quais irá progredir a sociedade liberal, do século XIX até os dias de hoje.”

História – França – Revolução francesa, 1789-1799

O cão e o curumim

WAPICHANA, Cristino – Editora Melhoramentos

Cristino Wapichana conta uma história de amizade e lealdade entre um curumim e seu cachorro, Amigo.

Uma história que habita nas memórias do autor, e resgata as tradições de seu povo, apresentando ao leitor alguns recortes do dia a dia do curumim, e de sua amorosa e respeitosa relação com seus familiares, com a natureza e com os animais.

As paisagens ganham vida através das cores e pinceladas de Taisa Borges.

Conto – Amizade – Lealdade

O Karaíba: uma história do pré-Brasil

MUNDURUKU, Daniel – Editora Melhoramentos

Antes da chegada dos colonizadores europeus, os habitantes do Brasil eram organizados, tinham sua vida estruturada e tiravam proveito da exuberante natureza que os cercava. Nessa narrativa cheia de aventura, poderemos imaginar um pouco sobre quais eram seus amores, seus dramas e suas ansiedades em relação ao futuro.

Daniel Munduruku diz que: “Este romance procura reconstituir um pouco da cultura pré-cabraliana. Não está completa. Há muitos estudos científicos que podem ajudar-nos a compreender melhor o que aqui foi contado. Caberá ao leitor e à leitora completarem essa história. Ela termina quando começa a história narrada pelos invasores”.

Conto – Descobrimento do Brasil – Visão indígena

A política explicada aos nossos filhos

D’ALLONNES, Myriam Revault – Editora UNESP

Por que precisamos de líderes? Por que obedecemos às leis? Por que as sociedades não têm todas o mesmo regime político? Ao abordar essas questões tão atuais, este livro procura explicar, por meio de um diálogo em linguagem clara e acessível a todos os públicos, os fundamentos das políticas, mostrando que a democracia, hoje aparentemente tão frágil –  e mesmo frustrante -, precisa ser reinventada constantemente, e que a responsabilidade de mantê-la viva e pujante é de todos nós.

Ciências sociais – Política – Política – Didática

M M M M M: Mônica e Menino maluquinho na

MANUEL FILHO, SOUSA, Mauricio de, ZIRALDO Editora Melhoramentos

A Mônica e o Menino Maluquinho encontram em suas barras de chocolate os desejados bilhetes dourados que dão direito a um prêmio incrível: visitar a Montanha Mágica!

Os sortudos ainda podem convidar quatro amigos para viajar com eles e conhecer esse lugar fantástico! A Mônica escolhe seus melhores amigos: Cebolinha, Cascão, Magali e Franjinha, que leva também o Bidu. O Menino Maluquinho, para não ter encrenca, faz um sorteio. Os ganhadores são: Julieta, Bocão, Junim e Lúcio. As duas turmas se encontram e vivem uma grande aventura, enfrentando perigos, fazendo grandes descobertas e selando uma amizade eterna. Mas a grande surpresa, como em todo bom livro, ficará mesmo para o final!

Conto – Aventura

Criações: mitos Tenetehara

MARQUES, Wilson – Editora Paulus

O livro vai tratar de maneira simples e direta sobre alguns mitos ligados à criação presentes na cultura Tenetehara. Com isso, se busca resgatar aspectos importantes da realidade brasileira que ficam obscuros ou totalmente desconhecidos do grande público.

Conto indígena – Mitos

O voo de Pégaso e outros mitos gregos

VASQUES, Marciano – Editora Volta e Meia

A mitologia greco-romana é um patrimônio cultural da humanidade. Mesmo que os antigos deuses não sejam mais cultuados, sua presença na literatura e nas artes será sempre motivo de inspiração para os artistas. E os herois e heroínas, que desafiavam destinos injustos e pagavam um alto preço? Estão presentes na tradição oral de muitos povos. Basta lermos com atenção a lenda de Eros e Psiquê para notarmos que se trata da versão escrita mais antiga do conto popular A Bela e a Fera. E o voo de Pégaso não simboliza, em qualquer época, a inspiração poética?

Dez dos mais belos relatos da mitologia clássica foram recontados por Marciano Vasques e reunidos neste livro. Viaje, você também, nas aventuras de herois que tentam desafiar o próprio destino em um mundo em que os deuses, muitas vezes, pecavam por excesso de humanidade.

Contos – Mitologia grega

O menino d’água: e o planeta Netuno

ZIRALDO – Editora Melhoramentos

Como os antigos argonautas europeus voltavam de suas viagens narrando suas aventuras e descobertas estranhas em terras desconhecidas, os astronautas de hoje também podem botar sua imaginação para funcionar.

Podem contar, por exemplo, que Netuno não é um planeta redondo como os outros. É, na verdade, uma enorme, gigantesca, descomunal gota d’água pronta para pingar sobre a Terra.

Como, aliás, já pingou uma vez. É possível que os leitores não sejam muito bem informados sobre o planeta Netuno, este desconhecido.

Este livro de Ziraldo conta tudo sobre este eletrizante episódio e o que Tuna, um menino d’água, fez para salvar a Terra, com a ajuda de Nan, o menino da Terra.

Conto – Água

JANELAS ASSOMBRADAS

MARZI, Christoph – Editora Volta e Meia

Jonas é o único que gosta da casa em frente a sua, porque à noite, quando as luzes se apagam, ele consegue enxergar os fantasmas que moram lá. Até que ele conhece Mia, uma menina-fantasma que flutua na janela. Este é o início de uma amizade espetacular e de uma aventura assustadoramente brilhante.

Conto – Aventura – Mistério

“Quem mal lê, mal ouve, mal fala, mal vê”

                                             Monteiro Lobato

Solange Braga – Bibliotecária

Author

Alex Estevão

Profissional de comunicação especializado em gestão de marketing, direção de arte e design, fotografia, produção de conteúdo, planejamento e organização de eventos, gestão de marca, assessoria de imprensa e produção audiovisual.

Assine nossa newsletter