Campanha da Fraternidade 2020

Durante os quarenta dias que antecedem a Páscoa, a Igreja Católica no Brasil nos convida a refletir sobre o significado mais profundo da vida e que culmina com a celebração do maior mistério de nossa fé, a Ressurreição do Senhor. Há mais de 50 anos, a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) propõe um tema para nos auxiliar nesse movimento que nos aproxima do sofrimento e dor daqueles que mais necessitam. Neste ano o tema escolhido foi Fraternidade e Vida, dom e compromisso e o lema “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele”, inspirado na Parábola do bom samaritano (Lucas 10, 33-34). O pano de fundo do tema possui como elemento central Santa Dulce dos Pobres, que foi canonizada em outubro do ano passado e inspira-nos por meio de sua vida e obra a nos dedicar ao próximo, sobretudo daqueles que urgentemente precisam de auxílio.

Nas aulas de Ensino Religioso do Ensino Fundamental 2 trabalhamos por meio de uma música a necessidade de estarmos juntos caminhando em busca do bem e da felicidade. Em cada turma, realizamos uma atividade a partir de frases de Santa Dulce que serviram de motivação para o entendimento do tema da Campanha da Fraternidade. As duplas realizaram excelentes trabalhos e chegaram a conclusões importantes, que podem ser aplicadas em nosso cotidiano.

Que nesta Quaresma, tempo propício para a oração e conversão, a compaixão seja em nós fortalecida e que nos deixemos interpelar pela dor de quem sofre e que precisa de nosso auxílio. Estejamos todos atentos ao convite que Jesus nos faz para sermos solidários e próximos, não apenas vendo e sentindo, mas, cuidando da vida: “Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia” (Mateus 5,7)!

 

Author

Jéssica Vasconcelos

Formada em Jornalismo, pós-graduada em Produção Editorial, aspirante a fotógrafa, apaixonada por comunicação, coleta, investigação e análise de informações em meio a pequenos e grandes acontecimento de interesse coletivo, acredita que o jornalismo em um país democrata é responsável pela defesa de sua liberdade de imprensa e de expressão na distribuição da notícia.

Assine nossa newsletter